Série Chacras – 6º Chacra: Frontal (Ajna)

Este chacra está localizado no centro da testa, entre os olhos e ligeiramente acima deles. Sua função é a Visão / Intuição resultando em Imaginação. Sua cor é o Azul-Índigo e seu elemento é a Luz. (Para ver o artigo anterior, 5º chacra, clique aqui).

Esse chacra que também é conhecido como “chacra da testa”, ou “terceiro olho”, tem como função a visão interior e exterior. Está associado à terceira visão, que é a nossa capacidade extrassensorial de perceber as coisas, de ter a visão clara.

A terceira visão enxerga além do mundo físico e nos acrescenta uma percepção subjetiva que nos amplia a compreensão sobre tudo, fazendo a conexão com o Universo. É através dele que nos conectamos com o todo, com o lado sutil e mais imaterial da nossa existência.

 

Desequilíbrios do 6º Chacra

 

 

No nosso corpo, esse chacra está ligado aos olhos, base do crânio e testa. Está associado à glândula Pineal. (Obs.: Como a glândula Pineal se localiza um pouco acima da Hipófise, alguns relacionam a Pineal com o chacra sete e a Hipófise com o chacra seis).

Alguns fatores que pode levar esse chacra ao desequilíbrio são: ceticismo, materialismo excessivo, excesso de preocupações na vida, não saber dar limites na vida, excesso de negatividade, raiva do mundo, futilidade, dificuldade em viver a vida, excessiva visão racional e lógica de tudo, etc.

Quando está em desequilíbrio esse centro energético ele apresenta distúrbios como: incapacidade de visualizar e compreender conceitos mentais, incapacidade de colocar ideias em prática, influencia a função de todas as outras glândulas do corpo, dores de cabeça, pesadelos, confusão mental, sinusite, dificuldade de concentração, memória ruim, otites, hiperatividade mental, distúrbios visuais, cegueira, visão borrada, tensão ocular.

Entendendo o nosso comportamento

 

Como vimos anteriormente, existem certos comportamentos, maneiras de ser e hábitos que nos levam a desequilibrar esse chacra e é preciso buscar uma nova forma de ver a vida e se relacionar com ela. Buscar empreender mudanças comportamentais a fim de restabelecer o padrão de equilíbrio desse chacra.

Abandonar essa visão muito rígida da vida, esse determinismo excessivo que não admite outras possibilidades já é um bom começo.

Quando vivemos pautados excessivamente no lado racional, no materialismo, nas preocupações do cotidiano, em sentimentos intensos e destruidores como a raiva e pessimismo, nos desconectamos de nossa verdadeira essência e nos desequilibramos.

Somos seres espirituais tendo uma experiência terrena. Somos muito mais do que apenas a matéria desse corpo carnal. Abra a sua mente e permita se conectar com o todo, o lado material e imaterial. Busque a harmonização do seu ser, entrando em contato com o seu interior.

A vida é muito além do que percebemos

 

A vida é muito mais do que o que conseguimos enxergar com os nossos olhos físicos. O verdadeiro entendimento vem de conseguirmos perceber, ver, com os olhos da alma, compreender a vida a partir da sua essência divina que é imaterial.

O direito do sexto chacra é VER. É poder ver as informações tanto do interior como do exterior, é perceber e compreender o todo, afinal, não existe separação entre nós e os outros, nós e as coisas (objetos), natureza ou o que quer que seja.

Todos somos um, todos somos feitos da mesma coisa: energia. Apenas vibramos em frequências diferentes, por isso essa falsa percepção de separação, de individualismo.

Relaxe um pouco. Seja leve, acredite na vida e em suas infinitas possibilidades. As limitações só existem em nossa cabeça. Procure se compreender como um ser merecedor e amparado pelo Universo.  Abandone os velhos padrões de sua vida para dar origem a uma versão melhorada de você mesmo.

Seja leve e feliz!

Namastê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *