Série Chacras – 3º Chacra: Plexo Solar ou Umbilical (Manipura)

Esse chacra está localizado da região umbilical até o plexo solar. Sua função é a vontade, poder e decisão, sua cor é o amarelo e o seu elemento é o fogo. (Para ver o artigo anterior, 2º chacra, clique aqui).

Da união da matéria e do movimento (relativo ao 1º e 2º chacras), surge um terceiro estado que é o da energia, ou seja, estamos falando agora do 3º chacra cujo objetivo é a transformação.

Uma de suas funções é a vontade e é por meio dela que nos libertamos de padrões fixos e criamos novos comportamentos. Empreendemos ações por muitas vezes difíceis e desafiadoras, nos movemos em direção ao novo. A tarefa desse chacra é romper com a inércia, é agir, ir à luta.

Características e funções

 

Pela própria posição física de onde se encontra, ele abrange a região abdominal, plexo solar,  influenciando as funções dos órgãos dessa localização. No nosso corpo ele influencia: sistema digestivo, fígado, vesícula biliar e está associado às glândulas Suprarrenais e Pâncreas .

Esse chacra governa o metabolismo e responde pela regulação e distribuição da energia metabólica por todo o nosso corpo. O sistema digestivo é parte importante do processo sofrendo influencia direta por ele.

É possível avaliar a saúde desse chacra até mesmo visualmente. Se fisicamente a estrutura corporal apresentar, por exemplo, um abdômen retesado e duro, uma barriga grande ou um diafragma afundado, esses são alguns indicativos de desequilíbrio nesse chacra.

O excesso de peso também pode estar associado a esse chacra (entre outras coisas), indicando que o corpo não está metabolizando de forma adequada como energia a sua matéria sólida (alimento).

Outra forma de avaliar o seu estado, é através da observação feita por um profissional capacitado nessa área, por meio de informações como, se a pessoa prefere bebidas frias ou quentes? Tem preferência por comidas apimentadas ou condimentadas? Transpira facilmente, tem febre ou calafrios? Em termos de comportamento, a pessoa é mais ágil e enérgica ou letárgica, devagar?

Essas informações são de grande ajuda ao profissional, pois denota se a energia dessa região está fluindo adequadamente ou se está em falta ou excesso.

Desequilíbrios do 3º Chacra

 

 

 

Na prática, o que é importante saber é que alguns tipos de comportamento podem gerar desequilíbrios específicos nesse chacra e persistindo nesse padrão, algumas doenças e desequilíbrios podem surgir.

Situações como: raiva, medo, insegurança, mágoa, tristeza, remorso, arrependimento, não aceitar a vida, não “engolir a vida”, intolerância, resistência à mudanças, desejos não realizados, não perdoar, ansiedade, angústia, pânico, vitimizar-se, carência afetiva, vergonha, culpa, infantilidade, são algumas situações que podem levar ao desequilíbrio desse chacra, se isso se estabelecer como um padrão na vida da pessoa.

Com base nisso, as doenças e desequilíbrios associados a esse comportamento são: oscilações de humor, problemas digestivos e estomacais, úlcera, gastrite, depressão, introversão, hábitos alimentares anormais, instabilidade nervosa, desequilíbrio emocional, câncer de estômago, insegurança, medos, pânicos, agonias, ansiedade, diabetes, obesidade, pancreatites, hepatites, compulsão por consumo, hérnia de hiato, fadiga crônica, hipertensão e hipoglicemia.

Harmonizando o 3º Chacra

 

Sua influencia é bem extensa, afetando diversos aspectos de nossa saúde física e emocional. Mas estando em equilíbrio ele só tem a nos ajudar, pois é o que nos impulsiona a novas atitudes, a ter ação para a mudança de que tanto necessitamos,  nos dá a coragem necessária para por em prática as nossas vontades e aquilo o que realmente desejamos da vida.

Estar bem consigo mesmo, confiante, com elevada autoestima é fundamental. Ser mais forte, decidido, tomar as rédeas da vida em suas próprias mãos é parte importante desse equilíbrio.

Outra questão muito importante ligada a área dos sentimentos é o “deixar ir”. Deixar ir das mágoas, do sentimento de vítima, de situações que aconteceram no passado e a pessoa insiste em remoer isso, gerando o não perdão.

Muitos dos problemas de intestino preso crônico vêm dessa falta do perdão, de sentimentos represados, mágoas contidas e não liberadas há muito tempo. A pessoa não perdoa ao outro e nem se perdoa. Isso só traz atrasos para a sua própria vida.

Considerações finais

 

Seja mais leve, ria! Não leve tudo tão a sério, tão a ferro e fogo. Se alguma situação não saiu como desejava, olhe por outro ângulo, se puder rir da situação, você terá mais poder sobre ela. Ria de si próprio, não se leve tão a sério. Evite a rigidez excessiva sobre suas atitudes.

Basicamente, qualquer coisa que faça a energia se mover depressa, ajuda ao 3º chacra. Então faça exercícios físicos (especialmente os abdominais, pois trabalhará exatamente a região umbilical), faça caminhadas, dê gargalhadas, medite, faça respiração diafragmática. O importante é agir, se movimentar.

O direito desse chacra é AGIR. Só você pode agir em seu benefício próprio. Ame-se mais, solte-se mais. Viva a vida que deseja viver, dê vazão às suas vontades, mas não aquelas movidas por um mero capricho e sim, aquela que vem da alma, vem do seu íntimo e que pode te realizar.

Seja você o comandante da sua vida, dos seus sentimentos. Priorize a você e busque o equilíbrio emocional, mental e físico necessário, afim de que sua vida flua livremente, de forma leve e prazerosa.

Namastê!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *